O “mordidinhas”

– O gravador já está ligado? Tudo certo, escrivão?

– Tudo certo chefe! – Disse o escrivão olhando o policial trazendo o suspeito

– Então vamos começar! Suspeito João Carlos Eduardo, 29 anos, acusado de assassinato em série. Foram encontradas treze mulheres sem vida, com as mãos amarradas para trás, nuas, com marcas de mordidas pelo corpo, faltando o mamilo esquerdo. Definido como modus operandi do “mordidinhas”.

De acordo com a perícia, as mulheres eram asfixiadas até morte, mordidas e seus tinham seus mamilos esquerdos arrancados com os dentes. O suspeito foi visto perto de vários lugares em que corpos foram encontrados. Na sua casa foram encontradas fotos de todas as vítimas e um pote de maionese dentro da geladeira, com exatamente 13 mamilos.

O suspeito interrompe:

– EU NÃO FIZ NADA DISSO! EU JÁ DISSE PARA VOCÊS! NÃO SEI COMO ISSO TUDO FOI PARAR NA MINHA CASA!

– Então vamos refrescar sua memória! Me passa essa caixa escrivão?

– Sim chefe!

– O que você tem para dizer dessas fotos?

O suspeito pega as fotos das vítimas e fica analisando:

– Conhece alguma dessas mulheres?

– Sim, mas calma! Não pessoalmente, eu já vi essas mulheres, elas trabalham no shopping. Me deixem explicar! A minha mulher vai muito a um mesmo shopping, por isso sei que essas mulheres trabalham lá, mas só por isso, eu nunca cheguei perto dessas mulheres.

– Então todas essas fotos com elas mortas e nuas apareceram por acaso na sua casa?

O suspeito pega as fotos e fica desesperado:

– MEU DEUS! EU NUNCA FARIA UMA COISA DESSAS COM NINGUÉM NA MINHA VIDA.

– Nunca mesmo? Por que foi encontrado esse pote de maionese cheio de mamilos na sua casa também?

– EU NÃO SEI! JÁ DISSE!

– Para com isso cara! Assume logo! Vai falar que nunca viu esse pote de maionese dentro da geladeira?

– É CLARO QUE JÁ VI! MAS NUNCA ABRI! EU NÃO GOSTO DE MAIONESE!

– Agora já não gosta de maionese! Você é o suspeito com as desculpas mais bobas possíveis. Nunca conheci um desses e você escrivão?

– Nunca chefe!

O suspeito estava aos prantos:

– EU NÃO SOU UM ASSASSINO! EU NÃO FIZ NADA!

– Então por que tem filmagens sua nas ruas perto dos locais de crime?

– EU ESTAVA SEGUINDO MINHA MULHER! ELA ESTAVA ESTRANHA COMIGO! FALAVA MENTIRAS QUE IA NO SHOPPING E IA PARA OUTROS LUGARES, COMEÇEI A SEGUIR ELA, MAS EU NUNCA CONSEGUIA IR ATÉ O LOCAL, ELA SUMIA!

– Agora chega! Cansei dessas desculpas! Escrivão fala para alguém vir aqui e prender este homem! Ele não é suspeito, foi tudo achado na casa dele! Cara, acorda para a vida, sua mulher está separada de você há muito tempo, investigamos sobre você e está aqui o papel do divórcio! Não foi encontrada sequer uma peça de roupa feminina na sua casa!

– O QUE? ELA ESTÁ VIAJANDO PARA CASA DA MÃE! MAS ELA MORA LÁ SIM! EU NUNCA ASSINEI NENHUM PAPEL DE DIVÓRCIO!

– Chega, cara! Sua mulher está morando fora do país! Temos fotos em redes sociais para provar!

O suspeito olha assustado para as fotos:

-ESTAS FOTOS SÃO ANTIGAS E EU ESTAVA EM TODAS ELAS! ELA ME APAGOU! A GENTE FOI PARA A ITÁLIA! ELA ME LEVOU DE PRESENTE DE CASAMENTO…… MEU DEUS SEMPRE FOI TUDO ARMADO! O SHOPPING QUE ELA SEMPRE IA! OS SUMIÇOS! EU A VI TIRANDO ROUPA DE CASA! ELA DISSE QUE ESTAVA DOANDO!

– Gente tira esse homem logo daqui! Já passou dos limites!

– FOI ELA! FOI MINHA MULHER! FOI TUDO ARMADO – O suspeito sai da sala gritando sendo levado pelos policiais.

– Que loucura esse homem! O caso está encerrado escrivão!

– Acho que não chefe, acabaram de ligar da perícia. Conseguiram identificar o verdadeiro assassino pelas mordidas.

– Como conseguiram isso?

– Acharam uma maçã na casa com uma marca de mordida idêntica à das vítimas.

– Não estou entendendo! A maçã é do cara, o caso está sim encerrado!

– Não senhor, a mordida é de uma mulher!

O investigador fica impressionado:

– Nossa pegamos mesmo o cara errado! Nunca ia pensar que uma mulher seria capaz de fazer uma coisa dessas!


Ilustrador: Brendom Rodarte

Escritora : Nathália Santos

Para seguir o nosso trabalho no Instagram:

@nathaliaesantos_

@brendomrodarte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s