Mais um apocalipse

Estava sentado em minha sala, encarando o relatório com o resultado positivo do teste da vacina em minhas mãos. Levanto correndo para dar a notícia aos meus amigos de trabalho:

– Não acredito que conseguimos! Conseguimos a vacina! Ela já está pronta para ser aplicada nas pessoas!

Todos os pesquisadores começaram a comemorar depois dessa notícia, era um avanço muito grande para ciência conseguir uma vacina tão rápido. Não demorou muito tempo para essa notícia se espalhar em todos os jornais do país, e todo mundo começar a comemorar pela vacina.

Uma semana depois a vacina já estava sendo distribuída em hospitais e postos de saúde, mas nós os pesquisadores que encontramos a cura decidimos tomar a vacina primeiro e transmitir esse evento em rede nacional.

Os repórteres chegaram no centro de pesquisa filmando o nosso dia como se fosse um reality, mostrando como cada passo para achar a cura foi feito, os processos, a pesquisa até que finalmente chegou a hora da vacina.

Como eu era o líder da pesquisa, fiquei encarregado de começar a vacinar meus colegas de trabalho. Comecei a aplicar a vacina e quando todos tomaram, expliquei que fizemos isso para garantir que a vacina não traria problemas para as pessoas.

Surgiram várias perguntas dos repórteres e fomos respondendo, quando chegou a minha hora de tomar a vacina percebi que meus colegas estavam ficando com uma cor estranha, estavam ficando meio verdes, do nada caíram no chão e começaram a se contorcer. Percebi que em alguns surgiram rabos, outros começaram a aparecer escamas e dentes afiados.

Totalmente assustado, percebi que meus amigos tinham virado jacarés. Mas eram jacarés diferentes, eles conseguiam andar feito humanos e quando atacaram um repórter ele também acabou virando um jacaré. Isso foi se espalhando, a cada pessoa que os jacarés atacavam no centro de pesquisa, surgia outro jacaré.

Pensei em fugir do centro para tentar avisar as pessoas que a vacina estava fora de controle, mas me lembrei que estávamos sendo filmados. Corri para a primeira câmera que encontrei e disse:

– A VACINA DEU ERRADO! TODOS ESTÃO SE TRANSFORMANDO EM JACARÉS! NÃO SAIAM DE ….

Um dos jacarés destrói a câmera e sai correndo desesperadamente. Quando consegui sair do laboratório me deparei com mais jacarés. Alguns já tinham fugido do centro e estavam contaminando as pessoas do lado de fora, surgiam cada vez mais jacarés famintos e enfurecidos atacando outras pessoas. Tentei correr e me esconder o máximo que eu consegui, mas algum jacaré conseguiu me seguir. Me pegou e começou a comer a minha perna, apaguei de dor.

Acordei sentado na minha sala, segurando o teste positivo da vacina em minhas mãos.

– Mas que sonho esquisito foi esse?

 Acabei pegando no sono extava exausto após tanto tempo trabalhando para encontrar a cura. Levantei e fui contar a notícia boa para os meus colegas de trabalho, e contar também essa loucura de sonho.

– Jacarés? HAHAHAHA quem é o louco de achar que uma vacina pode fazer você virar um Jacaré? Achava que nem em sonho seria possível.


Ilustrador: Brendom Rodarte

Escritora: Nathália Santos

Para seguir nosso trabalho no Instagram:

@nathaliaesantos_

@brendomrodarte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s